top of page
Buscar

Chow-Chow - Conheça a raça



Pêlo dourado com uma juba poderosa e uma estrutura compacta – a aparência majestosa do Chow-Chow impressiona! Porém, esta raça, que é uma das mais antigas do mundo, não é apenas magnificente como tem um carácter muito particular. Diz-se a propósito do temperamento destes animais que são mais parecidos aos gatos do que aos cães. Qualquer pessoa que se tenha cruzado com um Chow-Chow sabe que são animais não só com a aparência, mas também com o coração de um leão.


Aparência majestosa

Na China, esta raça é conhecida por “cão-leão”, “cão-urso” ou “língua azul” – e todos estes nomes nos dão pistas acerca da aparência impressionante destes cães. Os Chow-Chow pertencem ao grupo dos Spitz asiáticos. Apresentam uma estatura compacta, com um máximo de 56 cm de altura ao garrote e pesam cerca de 30 kg. Tanto existem Chow-Chow de pelo curto como comprido, embora os primeiros tenham um pelo bastante felpudo e suave. Por outro lado, os “Smooth Chows”, isto é, os exemplares de pelo curto, são bem mais raros do que o outro tipo – os cães de pelo comprido têm uma camada interior densa e macia, explicando-se, assim, a sua exuberante juba. A aparência de leão é muito típica dos Chow-Chow. A pelagem sumptuosa é sempre monocromática, sendo mais clara debaixo da cauda e da parte posterior. As cores permitidas são o preto, o vermelho, o azul, o fulvo, o creme e o branco. As pequenas e gordas orelhas são eretas e a cauda é dobrada sobre o dorso.


Uma das particularidades dos Chow-Chow é revelada com a boca aberta: língua, palato e lábios são azuis. O que seria motivo de alarme no caso de outras raças (tanto a língua como a mucosa azuis podem indicar falta de oxigénio) faz parte dos standards da raça e não constitui um sinal de problemas de saúde. Não existe uma explicação científica clara para esta coloração, mas sim diversas lendas. A seguinte é apenas um exemplo: quando o universo foi criado e as estrelas se juntaram ao firmamento, alguns pedaços azuis de céu caíram na terra e o Chow-Chow lambeu-as, tendo ficado com a língua azul para sempre. Outras explicações menos míticas fazem uma ligação entre a circulação sanguínea e a regulação da temperatura.


Personalidade: cão com coração de leão

É comum dizer-se que o temperamento de um Chow-Chow é mais semelhante ao dos gatos do que dos cães: pode ser o seu dono, mas está longe de o ter. Isto significa que a vontade de agradar dos gatos não é acentuada, sendo animais raramente submissos, já que ao invés gostam de “pensar” por si mesmos. São, por norma, reservados na presença de estranhos e de outros cães, a menos que estejam na sua zona de conforto – e se assim for, podem ser maldosos. A sua desconfiança natural e a atitude territorial fazem destes animais bons cães de guarda. No entanto, no desempenho destas funções ou ao encontrarem outros cães, podem, a propósito de uma educação com falhas, tornar-se agressivos. Estas atitudes podem ser problemáticas com cães do mesmo sexo, especialmente tratando-se de outros Chow-Chow. A socialização desde tenra idade é, então, essencial nesta raça. Excetuando estas situações, o “cão-leão” é um companheiro tranquilo, irradiando calma e serenidade. Permitir a um Chow-Chow andar livremente, sem trela, nem sempre é possível, dado o seu acentuado instinto de caça.


Pêlo: cuidados quotidianos

O nosso “cão leão” gosta de ser bem escovado: donos de um Chow-Chow de pelo comprido devem pôr a escova em ação entre duas a três vezes por semana, no mínimo, ou até todos os dias. O ideal será pentear o cão uma vez por semana e, nesse momento, também escová-lo, mas com menos intensidade. O pelo tem tendência para emaranhar, especialmente por detrás das orelhas e no pescoço. Os banhos devem ser adiados até que seja impossível pentear o animal, dada a sujidade acumulada. No entanto, alguns fãs desta raça recomendam um banho mensal. Ao pretender fazê-lo, utilize substâncias naturais e um champô pouco agressivo, à base de camomila, por exemplo. Assim, reduzem-se as chances de alergias. No verão, mantenha sob observação os pontos de contacto da cauda com a pele, já que as irritações se podem desenvolver rapidamente. Os animais de pelo curto requerem, naturalmente, muito menos cuidados.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Aromaterapia

É uma terapia que promove benefícios para a saúde e bem-estar do animal a partir das propriedades medicinais de substâncias químicas sintetizadas pelas plantas (óleos essenciais). A aromaterapia auxil

コメント


bottom of page