top of page
Buscar

“Não abandone os animais, eles não transmitem o vírus”



Este título é “roubado” a um apelo feito pela GNR nas redes sociais, baseado em informações da Organização Mundial de Saúde, e que procura prevenir o abandono de cães e gatos por donos em pânico de que os animais os infetem com o novo coronavírus.


Os animais domésticos podem transmitir a COVID-19? Não!”, exclama um apelo da GNR nas redes sociais. É o início de uma mensagem da Guarda que tenta prevenir o abandono de animais de estimação, sobretudo cães e gatos, por donos em pânico e que desconhecem a informação da Organização Mundial de Saúde (OMS), segundo a qual não há qualquer evidência científica de que estes bichos fiquem doentes com a COVID-19 ou de que sejam fonte de contágio do novo coronavírus.


No contacto com os animais de estimação, a OMS apenas insiste em recomendar as medidas básicas de higiene já conhecidas – o que inclui lavar as mãos antes e depois de tocar nos animais, alimentos, nas suas fezes ou urina. Beijos nos bichos ou lambidelas deles são, ainda assim, de evitar. 

Quanto aos veterinários, aconselham os donos, nos passeios com os animais de estimação, a evitar locais com aglomerações. Mas esta recomendação só tem que ver com o risco de transmissão do novo coronavírus entre humanos.

Há apenas um registo conhecido de um cão que testou positivo para a COVID-19, e cujos donos, residentes em Hong Kong, tinham a doença. Embora o teste mostrasse a presença de material genético do novo coronavírus, o animal não apresentou sinais clínicos da doença.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Aromaterapia

É uma terapia que promove benefícios para a saúde e bem-estar do animal a partir das propriedades medicinais de substâncias químicas sintetizadas pelas plantas (óleos essenciais). A aromaterapia auxil

Comentários


bottom of page